Os primeiros passos para criar vitrines perfeitas | Bárions Produções

Fale com Nossos Especialistas


(11) 4371-0660


Os primeiros passos para criar vitrines perfeitas

Vitrine fabricada e positivada pela Bárions Produções | Bárions Produções

Vitrine fabricada e positivada pela Bárions Produções


Seja você proprietário de uma marca forte, um pequeno varejista ou está inaugurando um negócio, saiba que a vitrine é uma das armas mais poderosas para destacar uma loja física. Uma vitrine exclusiva e atraente tem o poder de diferenciar você dos concorrentes e atrair mais tráfego de pessoas.


As vitrines das lojas são ferramentas capazes de envolver compradores, fazendo-os parar, olhar e entrar na sua loja de forma tão envolvente que chegam a influenciar em até 70% do aumento das vendas de um produto. 


Criar vitrines de alto impacto pode parecer complexo, porém você não precisa ser designer, contratar um profissional de visual merchandising ou contar com grandes orçamentos para dar o primeiro passo em direção a sua vitrine perfeita. 


>> Descubra a importancia do VM para a sua marca 


Neste artigo, listamos algumas dicas fundamentais para você deixar seus medos de lado e dominar a arte de montar vitrines inesquecíveis. Nós o guiaremos pelo processo de montagem, além de compartilhar algumas ideias e modelos de vitrines produzidos pela Bárions Produções para te inspirar.

Caixa de ferramentas

Pode parecer besteira, mas a sua caixa de ferramentas será a sua melhor amiga em todo o processo de montagem de uma vitrine.


Por isso, antes de começar a debater ideias é necessário mapear e detalhar o seu espaço. Você não vai querer descobrir, no meio de uma medição, que esqueceu a sua fita métrica, certo!?


Entender o tipo de vitrine que você tem e como vai trabalhá-la é um fator fundamental nesse processo de detalhamento. Para saber mais sobre os tipo de vitrine, confira o artigo 5 dicas fundamentais para montar a vitrine perfeita.


Algumas ferramentas essenciais para esse trabalho são:

Trena ou fita métrica, tesouras, fita dupla face, martelo, pregos, estilete, cola bastão e/ou cola quente, chave de fenda e parafusos, caneta, lápis, marcador e bloco de notas.


É claro que, de acordo com o projeto, é necessário incluir outros materiais. Com o tempo e a experiência, processos, materiais e matérias-primas vão se tornar mais comuns e fáceis de destinar ao projeto ideal.

Encontre um tema

Vitrine desenvolvida pela Bárions Produções, com tema nautico | Bárions Produções

Vitrine desenvolvida pela Bárions Produções, com tema nautico


A melhor forma de começar a trabalhar o conceito de uma vitrine é com um lápis e uma folha de papel. E, antes de desenhar as primeiras linhas, encontre um tema. Sim, o layout da sua vitrine precisa contar, pelo menos, uma história básica - especialmente porque é a partir dessa narrativa que você vai elaborar a estratégia de divulgação também para os demais canais.


Com o tema definido, é hora de transformá-lo em algo mais elaborado: que tal alterar a sua vitrine de Natal para uma vitrine Quebra-Nozes? Ou trocar o Dia dos Namorados por uma Travessura de Cupido?


Agora ficou mais fácil contar uma história, não ficou?

Crie um ponto focal

Com o tema definido e um breve esboço da proposta, é hora de sair da loja e dar uma boa olhada na sua vitrine. Desta forma, é possível determinar o nível dos olhos dos clientes, o ponto focal, a possibilidade de incorporar itens suspensos e assim por diante. 


Tire fotos e faça novas medições sempre que achar necessário.


Agora que você já sabe onde é o ponto central da sua vitrine, determine qual é o tamanho deste ponto para que ele gere foco e, ao mesmo tempo, seja grande o suficiente para atrair a atenção de um comprador, mesmo que este esteja do outro lado da rua.


A sua história precisa começar a ser contada a partir dele, com arranjos de produtos e decorações. 


Aproveite a fase de planejamento para explorar diferentes configurações e ver como os produtos vão se comportar em diferentes posições.


Um bom exemplo do uso do ponto focal, são as vitrines promocionais da Intimissimi - positivadas pela Bárions Produções. A partir de um estudo detalhado e mapeamento das lojas, determinou-se o ponto central de cada uma delas, permitindo que a informação principal da campanha permaneça sempre em destaque.


Vitrine promocional - uma parceria Intimissimi e Bárions Produções | Bárions Produções

Vitrine promocional - uma parceria Intimissimi e Bárions Produções


Resultados e Ousadia de Mãos Dadas

A maioria das pessoas vão passar diante da sua vitrine conversando, usando o celular, passeando com o cachorro ou fazendo qualquer outra atividade - menos prestando atenção em vitrines. 


Isso significa que você precisará de um bom argumento para atrair a atenção delas. No mínimo, a sua vitrine deve ser capaz de incentivar um comentário ou uma foto.


Portanto, ao desenvolvê-la, não seja sem graça. Ouse em cores, formas e acessórios, mas lembre-se de manter-se dentro do tema e principalmente, de seguir a personalidade e identidade da marca. 


Um exemplo de uma vitrine simples, porém ousada, é a desenvolvida pela Bárions Produções, em parceria com a Samsung, para divulgação de televisão em LED. Com equipamentos de última geração, a Bárions imprimiu uma foto de aurora boreau e, para dar o movimento, o painel foi revestido com LED, em padrão RGB.





O menos é mais

Vitrine da Zara Home, positivada pela Bárions Produções | Bárions Produções

Vitrine da Zara Home, positivada pela Bárions Produções


Quem é que não conhece essa frase?

Vitrines ousadas, inspiradoras e vendedoras não precisam ser complicadas. Leve em consideração que muita informação pode sobrecarregar o visual, afastando o consumidor. E o pior, ofuscando o destaque do produto. 


Lembre-se sempre do seu objetivo: chamar a atenção para seus produtos através de uma narrativa e, se necessário, mostrar ao consumidor como ele se relaciona com outros itens expostos. Isso significa que você deve ser capaz de justificar cada componente da sua vitrine.


Alguns exemplos de vitrines simples, com poucas informações, porém muito impactantes foram apresentadas neste artigo. O lançamento de um novo modelo de tênis da Nike, vitrines promocionais como Zara Home e intimissimi, além da iluminada vitrine da Samsung.

O equilíbrio é fundamental

Sua vitrine será composta por itens pequenos, médios e grandes, cores fortes e claras, luzes e sombras. Por isso, é fundamental manter o equilíbrio e garantir uma estética agradável.


Confie no seu julgamento e nas sensações e emoções que a vitrine está provocando. Sentimentos de felicidade, excitação e prazer são excelentes indicativos de que você está no caminho certo.


Porém, se mesmo assim você sentir dúvidas com relação à distribuição dos itens, mantenha os itens maiores e mais escuros perto da base inferior, com itens mais claros e coloridos na parte superior. Esta disposição evita a sensação de uma vitrine pesada.

Preste atenção à iluminação

É comum avaliar a iluminação da vitrine em última instância, porém este é um erro que pode comprometer o seu resultado final. 


Uma boa iluminação pode criar ambientes, dar mais foco a determinados itens e a um ‘ar dramático’ a sua composição. Portanto, pensar em iluminação como um item estratégico pode, inclusive, destacar e direcionar a atenção do consumidor para o ponto focal. E, com isso, levar mais pessoas para o interior da loja e converter em vendas.


Se você ficar em dúvida sobre as melhores posições para sua iluminação, evite uma única direção, direto de cima. Esta condição pode construir sombras duras e pouco atraentes. Considere iluminar nas laterais e pela frente, o que ajuda a aplicar a sensação de 3D da vitrine.

A verificação final

Agora que sua vitrine está pronta, é necessário fazer uma última validação. É neste momento que você irá confirmar se a distribuição dos itens e iluminação estão dando o destaque adequado ao produto.


Mais uma vez, é hora de sair da loja e olhar sua vitrine de fora. Ande em diferentes direções, aproxime-se e afaste-se, atravesse a rua. Verifique todas as possibilidades possíveis para garantir que os objetivos propostos foram atingidos.


Sugestões e ideias

O processo de construção de uma vitrine inesquecível não é fácil, principalmente para quem está começando seu trabalho em vitrinismo. Alguns materiais, dicas e ideias podem ajudar a criar insights e composições incríveis.


Confira!


  • Adesivo de vitrine: o adesivo é, com certeza, o material mais popular e democrático da comunicação visual. Com a tecnologia de alta resolução oferecida pela Bárions Produções, é possível imprimir cores, fundos e texturas com qualidade fotográfica e realçar ainda mais o produto.

  • Adesivo de recorte: são os modelos sem impressão, já coloridos, como os utilizados nas vitrines da Intimissimi e Zara Home. São perfeitos para destaques e decorações monocromáticas.

  • Display em acrílico: o seu produto é o único destaque que sua vitrine precisa ter? Então o display de acrílico é a peça perfeita. Transparente e com acabamento nobre, é capaz de destacar qualquer produto sem roubar a atenção. Veja como a Nike explorou bem essa peça no lançamento de um dos seus modelos de tênis.

  • Cenografia: a cenografia de uma vitrine consiste em elementos decorativos, como os utilizados na vitrine da Crawford.



O que você achou das dicas apresentadas?

Quais foram os resultados obtidos a partir do nosso passo a passo? Ficou satisfeito? Teve que fazer ajustes e alterações?


Compartilhe com a gente.